McLaren: companheiro de Alonso indefinido

Mais jovem campeão da Fórmula 1, aos 24 anos, o piloto espanhol Fernando Alonso vai trocar a Renault pela McLaren em 2007. O acerto foi anunciado nesta segunda-feira em Working, sede da equipe na Inglaterra, mas não foi informado qual de seus atuais pilotos ? o finlandês Kimi Raikkonen (boatos há tempos dão conta de que iria para a Ferrari) ou o colombiano Juan Pablo Montoya ? deverá sair. Mas Pablo Montoya, pai do piloto, ainda botou pimenta na história ao revelar rumores de que a Renault iria deixar a Fórmula 1 ou mesmo vender a equipe ? daí a anunciada saída do campeão para a escuderia mais forte de todas. ?Quanto a Juan Pablo, ainda não sabemos de nada. Depende se Kimi assinou ou não com a Ferrari?, afirmou.Ron Dennis, diretor da McLaren, resumiu: ?Estamos discutindo com Kimi e Juan Pablo a temporada de 2007.? Alonso, por sua vez, não foi nada delicado em comunicado que divulgou: ?Estou impaciente para que chegue logo a temporada 2007 e pela possibilidade de correr com um McLaren-Mercedes. Será um novo começo para mim.?Enquanto isso, a Renault se dá conta de que o finlandês Heikki Kovalainen, seu piloto de testes, seria o mais provável substituto de Alonso daqui a dois anos.Patrick Faure, o presidente da Renault, lamentou a decisão de Alonso mas disse compreender as razões do piloto, que ao fim de 2006 terá somado cinco anos na escuderia. ?Desafios são fundamentais para os esportistas e é por isso que Fernando quer dar uma nova direção à sua carreira.?O dirigente confirmou que a equipe irá tentar ser campeã novamente em 2006 com Alonso e o italiano Giancarlo Fisichella. ?Cada integrante da Renault está trabalhando o máximo para criar todas as condições que permitam, tanto a Fernando como a Giancarlo, brigar pelo título.?Para Norbert Haug, vice-presidente da Mercedes, ?incorporar um campeão significa uma força muito grande para a equipe e ainda uma emoção?.

Agencia Estado,

19 de dezembro de 2005 | 19h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.