Maye-E Wong/AP
Maye-E Wong/AP

McLaren confirma que negocia com Raikkonen para 2010

Diretor fala em boa relação com o finlandês, que deve sair da Ferrari para a chegada de Fernando Alonso

AE, Agência Estado

28 de setembro de 2009 | 10h54

CINGAPURA - O finlandês Kimi Raikkonen pode retornar para a McLaren na temporada de 2010 da Fórmula 1. Nesta segunda-feira, a equipe inglesa admitiu pela primeira vez que negocia com o piloto da Ferrari. O campeão mundial de 2007 deve ser dispensado pela escuderia italiana no fim do ano, com a possível chegada de Fernando Alonso.

Veja também:

linkCORRIDA - Hamilton vence e Button abre vantagem

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

"É preciso fazer tudo o que for possível para ter os melhores pilotos disponíveis, e é isso que tentaremos. É uma questão de dinheiro, de capacidade, de talento. Ter duas grandes estrelas na equipe não é algo que eu veja como um problema", disse Norbert Haug, dirigente da Mercedes, que é sócia da McLaren.

Raikkonen foi piloto da McLaren por cinco anos, entre 2002 e 2006. Neste período, foi vice-campeão em 2003 e 2005. Segundo Haug, o finlandês tem uma boa relação com os funcionários e a direção da equipe.

"Acho que nossa colaboração por aqueles cinco anos foi positiva. Poderíamos ter vencido pelo menos dois campeonatos, em 2003 e 2005. Aqueles títulos seriam uma grande recompensa pelo trabalho dele. Eu tenho uma boa relação com ele, e estou certo de que ele também tem comigo", afirmou Haug.

A McLaren tem atualmente Lewis Hamilton e Heikki Kovalainen como pilotos, mas os resultados do nórdico têm sido abaixo das expectativas. Além de Raikkonen, a equipe trabalha com o nome de Nico Rosberg como possível companheiro do inglês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.