McLaren de Hamilton é o carro mais leve do grid em Valência

Inglês tem 653 kg no tanque. Trulli, em 18.º, será o mais pesado; Barrichello, em terceiro, larga com 662,5 kg

EFE

22 de agosto de 2009 | 14h15

Felix Heyder/EFE

Hamilton contorna curva em Valência, durante a classificação: primeira pole do ano do inglês

VALÊNCIA - Lewis Hamilton, da McLaren, conquistou neste sábado a pole position do Grande Prêmio da Europa, disputado na cidade espanhola de Valência, e largará no domingo com o carro mais leve do grid. Enquanto inglês começa a corrida com um peso total de 653 quilos em seu carro, o italiano Jarno Trulli, da Toyota, o 18º colocado nos treinos, será o mais pesado na largada, com 707,3 quilos.

Veja também:

link Dobradinha da McLaren e Barrichello 3.º no grid de Valência

Com a ausência de Felipe Massa, da Ferrari, que ainda se recupera do acidente sofrido há quase um mês durante os treinos para o GP da Hungria, o único brasileiro em Valência é Rubens Barrichello, da Brawn GP. Ele larga em terceiro com 662,5 quilos em seu carro.

O substituto de Massa no GP da Europa, o italiano Luca Badoer, piloto de testes da Ferrari, conseguiu apenas o último lugar no grid de largada. Seu carro sairá com o peso de 690,5 quilos.

Os pesos são os seguintes:

Lewis Hamilton (ING/McLaren) 653 quilos.

Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) 655.

Rubens Barrichello (BRA/Brawn) GP 662,5.

Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) 654.

Jenson Button (ING/BrawnGP) 661,5.

Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 661,5.

Nico Rosberg (ALE/Williams) 665.

Fernando Alonso (ESP/Renault) 656,5.

Mark Webber (AUS/Red Bull) 664,5.

Robert Kubica (POL/BMW-Sauber) 657,5.

Nick Heidfeld (ALE/BMW-Sauber) 667.

Adrian Sutil (ALE/Force India) 672,5.

Timo Glock (ALE/Toyota) 694,7.

Romain Grosjean (FRA/Renault) 677,7.

Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) 688,5.

Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) 692,5.

Kazuki Nakajima (JAP/Williams) 702.

Jarno Trulli (ITA/Toyota) 707,3.

Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) 678,5.

Luca Badoer (ITA/Ferrari) 690,5.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Lewis HamiltonMcLaren

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.