Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

McLaren diz que aprendeu lição do campeonato de 2007

'Queríamos que ele vencesse e o pressionamos demais quando não precisávamos', disse diretor da equipe

Alan Baldwin, Reuters

30 de setembro de 2008 | 09h51

A McLaren, líder do campeonato da Fórmula 1, reconheceu ter pressionado o piloto Lewis Hamilton em 2007 e aprendeu com a perda do título, disse o chefe da equipe, Martin Whitmarsh. "Acho que uma fraqueza inerente à equipe e a Lewis causou, no ano passado, o desejo esmagador de vencer a corrida a qualquer custo", disse Whitmarsh, segundo o jornal britânico Guardian, dessa terça-feira. "Isso é mais perdoável em Lewis. Você espera isso de um piloto jovem", acrescentou. "Nós, como equipe, devíamos ter sido mais disciplinados do que fomos. Queríamos que ele vencesse e o pressionamos demais quando não precisávamos. Os campeonatos não são vencidos dessa maneira", continuou o chefe. A McLaren lidera os campeonatos de Construtores e de Pilotos a três corridas do final. Hamilton, 23, está sete pontos à frente do brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, e seu time tem um ponto a mais que a equipe rival italiana. Hamilton também liderava o campeonato no ano passado, mas perdeu por um ponto para Kimi Raikkonen, da Ferrari.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.