Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

McLaren domina primeira sessão de treinos em Hockeinheim

Felipe Massa, da Ferrari, fez o terceiro melhor tempo; Nelsinho Piquet foi o décimo , e Barrichello, o 16º

Efe

18 de julho de 2008 | 07h34

 O inglês Lewis Hamilton e o finlandês Heikki Kovalainen, da McLaren-Mercedes, conseguiram os dois melhores tempos na primeira sessão de treinos livres para o Grande Prêmio da Alemanha, logo à frente do brasileiro Felipe Massa, que ficou com a terceira melhor marca. A primeira sessão de treinos foi alterada pela chuva que atingiu o circuito no início do dia, e os tempos foram baixando à medida que a pista foi secando.Hamilton deu sua melhor volta em 1min15s537, 129 milésimos a menos que seu companheiro Kovalainen. Em terceiro veio Massa, com 1min15s796, e em quarto ficou Fernando Alonso, da Renault.   O brasileiro Nelsinho Piquet, da Renault, foi o décimo, e Rubens Barrichello, da Honda,  fez o 16º tempo. Os tempos da primeira sessão de treinos foram os seguintes:1.Lewis Hamilton (ING) McLaren-Mercedes 1:15.537 2.Heikki Kovalainen (FIN) McLaren-Mercedes 1:15.666 3.Felipe Massa (BRA) Ferrari: 1:15.796 4.Fernando Alonso (ESP) Renault 1:16.163 5.Kimi Raikkonen (FIN) Ferrari 1:16.327 6.Nico Rosberg (ALE) Williams 1:16.606 7.Sebastian Vettel (ALE) Toro Rosso 1:16.618 8.Nick Heidfeld (ALE) BMW Sauber 1:16.719 9.Kazuki Nakajima (JAP) Williams 1:16.821 10.Nelsinho Piquet (BRA) Renault: 1:17.063 11.David Coulthard (ESC) Red Bull Racing 1:17.108 12.Jenson Button (ING) Honda 1:17.131 13.Timo Glock (ALE) Toyota 1:17.185 14.Mark Webber (AUS) Red Bull Racing 1:17.268 15.Giancarlo Fisichella (ITA) Force India 1:17.471 16.Rubens Barrichello (BRA) Honda 1:17.500 17.Jarno Trulli (ITA) Toyota 1:17.556 18.Adrian Sutil (ALE) Force India 1:17.784 19.Robert Kubica (POL) BMW Sauber 1:18.779 20.Sebastien Bourdais (FRA) Toro Rosso 1:21.506  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.