McLaren faz proposta para Hakkinen

O piloto finlandês Mika Hakkinen, bicampeão mundial de Fórmula 1 em 1998 e 99, já tem uma proposta para continuar ligado à categoria em 2002: fazer testes com os pneus Michelin para sua ex-equipe, a McLaren. Hakkinen, de 33 anos, despediu-se das pistas no GP do Japão este ano, prometendo voltar no ano que vem.Hakkinen encontrou-se com Ron Dennis, diretor da McLaren, na exposição "Carros e Estrelas", em Stuttgart, na Alemanha. A oferta é oficial e os primeiros testes começam em janeiro. Na próxima temporada, a formação da equipe McLaren terá o escocês David Coulthard como primeiro piloto e Kimi Raikkonen, outro finlandês, que deixou a Sauber, como segundo."Vou analisar a proposta e responderei o mais rápido possível", disse Hakkinen, que deixou a F-1 para dedicar mais tempo ao filho Hugo, que nasceu no começo do ano. Hakkinen recebeu diversas homenagens na Alemanha, onde tem milhares de fãs, e ouviu elogios de dirigentes da McLaren e da Daimler-Chrysler, que fornece os motores para a equipe. Norbert Haug, diretor de competições da Daimler, sempre foi um dos maiores defensores de Hakkinen e bancou o convite feito por Ron Dennis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.