Miguel Angel Morenatti/AP
Miguel Angel Morenatti/AP

McLaren já admite não brigar pela vitória em Melbourne

Equipe foi a grande decepção nos testes da pré-temporada e alega não ter o pacote técnico necessário

AE, Agencia Estado

20 de março de 2009 | 11h06

A diretoria da McLaren admitiu mais uma vez que a equipe terá dificuldades no início da temporada da Fórmula 1. Nesta sexta-feira, Martin Whitmarsh disse que a escuderia inglesa chega a Melbourne, para o GP da Austrália, em condições inferiores às dos últimos anos.

Veja também:

linkLewis Hamilton critica mudanças e pede que FIA ouça equipes

  

"Talvez não chegaremos a Melbourne com as mesmas perspectivas de brigar pelas primeiras posições que tínhamos em 2007 e 2008. Mas toda a equipe trabalhará de forma incansável para nos colocar de volta na disputa", afirmou o dirigente, que assume a posição de Ron Dennis como chefe da escuderia durante as etapas do Mundial.

A McLaren foi a grande decepção dos testes da pré-temporada. Nem mesmo com o atual campeão Lewis Hamilton ao volante a escuderia conseguiu fazer tempos que impressionassem os rivais.

"Começamos 2009 com a total consciência de que não temos o pacote técnico necessário para colocar nos pilotos na briga pelas primeiras posições. Não há como esconder isso no nível de competitividade da Fórmula 1", admitiu Whitmarsh.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.