Franck Robichon/EFE
Franck Robichon/EFE

McLaren lamenta pista molhada no primeiro dia de treino

Hamilton e Button culparam chuva pelo desempenho abaixo da média no circuito de Cingapura

AE, Agência Estado

24 de setembro de 2010 | 13h54

Os treinos livres para o GP de Cingapura de Fórmula 1, nesta sexta-feira, não foram como a McLaren esperava. Tanto Lewis Hamilton, segundo colocado na temporada, com 182 pontos, quanto Jenson Button, quarto, com 165, tiveram um desempenho abaixo da média e apontaram a chuva como fator determinante para terem ficado atrás dos pilotos da Red Bull, que tiveram os melhores tempos do dia, com Sebastian Vettel (1min46s660) e Mark Webber (1min47s287).

"Vimos hoje que, após a chuva, a pista não secou muito rapidamente e muita água ficou ao longo do circuito. É muito complicado, porque fica difícil enxergar quais partes da pista estão molhadas através da viseira. Esperamos que não haja chuva no fim de semana, porque não é fácil dirigir com a pista molhada aqui", declarou Button.

Hamilton também lamentou as condições adversas nesta sexta-feira, mas demonstrou otimismo quanto ao fim de semana. "A pista estava complicada por causa da água, mas foi um bom treino para nós. Estamos perto. De fato, acho que conseguiremos competir com os pilotos que andaram na frente hoje. A Red Bull não é imbatível aqui. Eles são rápidos, por isso precisamos trabalhar rápido e melhorar nosso tempo, o que acredito que possamos fazer", analisou.

Button anotou o terceiro melhor tempo do dia, com 1min47s690, enquanto Hamilton foi o quinto colocado, com 1min47s818. Neste sábado, os pilotos voltam ao circuito de Marina Bay para o treino classificatório para a prova. E a corrida, 15ª etapa da temporada, acontece no domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.