McLaren vai apresentar modelo 2002

Boa parte das emoções do Mundial que começa dia 3 de março na Austrália será definida neste sábado, com o lançamento do modelo MP4/17 da McLaren, em Barcelona. Se o carro mostrar-se superior ao do ano passado, então será mais difícil para Michael Schumacher, da Ferrari, conquistar seu quinto título. O piloto alemão e Rubens Barrichello iniciam neste sábado, em Valência, na Espanha, a primeira série de testes da Ferrari na temporada. Nesta sexta-feira à noite eles disputaram a tradicional corrida de kart na neve, sob frio intenso. Ambos cruzaram juntos a linha de chegada.O carro que a McLaren e sua sócia, a Mercedes, começam a testar neste sábado, no Circuito da Catalunha, nasce com várias obrigações: em primeiro lugar, tem necessariamente de ser mais eficiente que o da Ferrari, a ser lançado dia 6 de fevereiro, em Maranello. O motivo é simples. O MP4/17 não será mais pilotado pelo competente Mika Hakkinen, mas pelo limitado David Coulthard e o novato Kimi Raikkonen.Para que a McLaren tenha alguma chance de ser campeã, seu projeto, assinado pelo excepcional Adrian Newey, terá de ser melhor que o da Ferrari, concebido por Rory Byrne, a fim de compensar a maior capacidade de condução de Michael Schumacher. Além de novos pilotos, a McLaren usará um motor Mercedes completamente diferente do de 2001, onde o ângulo entre as bancadas de cilindros é de 90 graus, como o da Ferrari e o BMW da Williams, e não mais de 72 graus, arquitetura utilizada até ano passado. Outra importante novidade na McLaren é a substituição dos pneus Bridgestone pelos da Michelin.Nos treinamentos realizados recentemente, com o modelo de 2001 já com os novos pneus, em Barcelona e em Valência, os tempos registrados impressionaram positivamente. A McLaren terá os mesmos pneus da Williams, cujo esperado modelo FW24 será lançado dia 25 em Silverstone, Inglaterra.Apesar de já ter testado o modelo F1-2001 segunda-feira em Fiorano - e ter estabelecido o novo recorde da pista, com 58s783 -, a Ferrari inicia sua preparação, com os pilotos titulares, apenas neste sábado, no circuito Ricardo Tormo, em Valência. "Dentre as novidades que teremos está um novo sistema de transmissão e a aerodinâmica completamente revista", explicou o próprio Michael Schumacher, quinta-feira, na Itália.Parte desses componentes está nos dois F1-2001 a disposição dele e de Rubinho em Valência. Quinta-feira à noite também, Jean Todt, diretor esportivo da escuderia, e apontado como um dos grandes responsáveis pela criação da sua atual estrutura vencedora, lembrou que o novo modelo terá apenas 15 dias de preparação antes de estrear no Mundial. Ele admitiu que a Ferrari pode iniciar o campeonato com o modelo F1-2001.

Agencia Estado,

18 de janeiro de 2002 | 17h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.