Helvio Romero/AE - 9/12/2007
Helvio Romero/AE - 9/12/2007

Médico avisa que Massa deve ter alta em uma semana

'Ele perguntou o que era o tubo no braço, se poderia ir ao banheiro, e até que horas eram', diz Altman

Agência Estado

27 de julho de 2009 | 16h28

BUDAPESTE - As notícias sobre o estado de saúde de Felipe Massa continuam animando quem acompanha o brasileiro no Hospital Militar de Budapeste, na Hungria. Segundo Dino Altman, médico particular do piloto, ele poderá voltar para sua casa, em Mônaco, na próxima semana.

Veja também:

linkMassa é acordado, enxerga e responde às perguntas

linkMassa tem lesão na enervação do olho

linkAcidente leva FIA a pedir relatórios sobre segurança

especialEntenda como foi o acidente de Massa

mais imagens GALERIA DE FOTOS - Imagens do acidente

forum BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

"Eu acredito que dentro de uma semana ele poderá ir para casa tranquilamente", afirmou Altman. Nesta segunda-feira, os médicos húngaros retiraram os sedativos de Massa, e a resposta foi positiva. O piloto conversou com os familiares, mexeu os membros inferiores e superiores e mostrou curiosidade sobre os acontecimentos dos últimos dois dias.

"Ele perguntou o que tinha acontecido com ele, fez várias perguntas por iniciativa própria, o que é fantástico. Perguntou o que era o tubo no braço dele, se poderia ir ao banheiro, chegou a perguntar até que horas eram", disse Altman.

O médico afirmou também que na família de Massa - que acompanha o piloto no hospital - a apreensão deu lugar à felicidade. "Eles estão muito satisfeitos com a melhora nas condições dele. Felipe está acordado e muito bem."

O acidente de Felipe Massa aconteceu na segunda parte da sessão classificatória para o GP da Hungria. Uma mola da suspensão do carro de Rubens Barrichello soltou-se e bateu no capacete do piloto da Ferrari, atingindo a parte superior esquerda.

Desacordado, Massa seguiu reto e bateu uma barreira de pneus. Ele sofreu um corte de cerca de 8 cm no supercílio, e teve de ser operado para a retirada de um fragmento ósseo, já no Hospital Militar de Budapeste. Ele teve uma pequena lesão cerebral e ficou sob efeito de sedativos desde sábado até a manhã desta segunda-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Felipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.