Medo de acidente fez médicos adiarem volta de Massa

O medo de um novo acidente com Felipe Massa fez os médicos adiarem o retorno do piloto brasileiro à Fórmula 1. Segundo os exames realizados na semana passada, em Paris, Massa está completamente recuperado do acidente sofrido no treino para o GP da Hungria, em 25 de julho. Mas os médicos pediram cautela, pois um novo impacto poderia agravar o quadro.

AE, Agencia Estado

14 de outubro de 2009 | 16h10

"Eles acham que não seria bom eu correr o risco de sofrer um outro acidente tão pouco tempo depois. Quanto mais tempo der para eu me recuperar deste, melhor", disse Massa, que voltou a andar com um carro de Fórmula 1 na segunda-feira, em Fiorano.

"Não senti nada, consegui andar rápido e constante. Eu estava louco para voltar em Interlagos, mas os médicos pediram para eu ir com calma", afirmou o piloto brasileiro, vice-campeão da temporada de 2008 e vencedor da última prova disputada no circuito paulistano.

Quando voltar às pistas, em 2010, Massa terá pela frente um novo companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso. Para o brasileiro, o confronto com o atual bicampeão será interessante. "Vai ser uma disputa saudável, em favorecimento a nenhum dos dois", disse. Durante todo o fim de semana, o ferrarista estará em Interlagos. NO domingo, ele dará a bandeirada para o vencedor da prova.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FerrariFelipe Massaacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.