Brent Smith/Reuters
Brent Smith/Reuters

Meira tem problemas na coluna após batida; Kanaan lamenta

Mineiro passou susto ao voar de lado pelo muro após bater com Raphael Matos nas 500 milhas de Indianápolis

24 de maio de 2009 | 20h27

Vitor Meira (A.J. Foyt) e o também brasileiro Raphael Matos (Luczo Dragon) passaram por um grande susto nas 500 milhas de Indianápolis neste domingo. Eles bateram na curva três na volta 174 e o carro de Meira decolou, escorregando de lado pelo muro por um longo trecho. Matos saiu mancando e o piloto mineiro foi levado para o hospital de Indianápolis com dores na região lombar.

Veja também:

linkCastroneves ganha pela 3.ª vez as 500 milhas de Indianápolis

mais imagens Galeria de fotos da Indy 500

F-Indy 2009 - tabela Classificação

Por causa da pancada e das dores que reclamava, Meira foi submetido a vários exames no hospital. Foi contatado que ele tem problemas em duas vértebras e pode perder o resto da temporada. Ele segue em observação n hospital. Já Rapahel Matos foi liberado com um inchaço no joelho direito. Antes desta batida, o carro de Meira tinha pegado fogo, numa quebra da mangueira de reabastecimento, durante o pitstop.

Outro que teve problemas foi Tony Kanaan (Andretti Green). Mais uma vez ele não terminou a prova, novamente por acidente, na volta 97, ao atingir o muro. "Foi uma das piores pancadas da minha carreira. Bati bem forte. Alguma coisa quebrou na traseira do carro e literalmente me jogou para o muro. Quando percebi já estava batendo", explica. "Sinto muito, isso é bem difícil. Eu e Indianápolis de novo...é incrível!."

Atualizado às 9h15 de 25/5 para correção de informação no título e no segundo parágrafo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.