Menos brasileiros em alta nas pistas

A temporada de automobilismo está chegando ao fim e os pilotos brasileiros não repetiram o excelente resultado de 2000, quando conquistaram os títulos das categorias mais importantes. Mesmo assim, com a possibilidade do bicampeonato de Gil de Ferran, na Indy, organizada pela Cart, a média de vitórias continuará alta.Para o ano que vem, as perspectivas nas categorias de ponta do automobilismo internacional continuam boas. Além de Rubinho Barrichello na Ferrari, Felipe Massa e Enrique Bernoldi (que renovou esta semana com a Arrows) também estarão na Fórmula 1. Na Indy, Gil e Hélio Castro Neves seguirão na Penske com a possibilidade de fazerem mais corridas pela Indy Racing League, a IRL, talvez de motor Toyota. E Felipe Giaffone, ao que tudo indica, fará todas as provas da IRL com equipe nova.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.