Mercedes faz homenagem a Schumacher em apresentação de novo carro

Equipe alemã coloca mensagem de apoio a ex-piloto, que encerrou a carreira na escuderia alemã

Agência Estado

28 de janeiro de 2014 | 09h45

JEREZ DE LA FRONTERA - A Mercedes apresentou nesta terça-feira o seu carro para a temporada 2014 da Fórmula 1, antes do início da primeira sessão de testes coletivos da pré-temporada no circuito de Jerez de la Frontera, e homenageou o alemão Michael Schumacher, seu ex-piloto, com uma mensagem de apoio.

O inglês Lewis Hamilton e o alemão Nico Rosberg, pilotos da equipe, foram os responsáveis por revelaram o W05, nas cores prata e turquesa, que conta com a inscrição "Keep Fighting Michael" (Siga lutando, Michael, em inglês) na parte superior do carro, atrás e à esquerda do cockpit.

Schumacher sofreu ferimentos graves na cabeça em um acidente de esqui no dia 29 de dezembro e está em estado de coma induzido desde então. O alemão permanece em estado estável. Rosberg foi companheiro de equipe de Schumacher por três temporadas na Mercedes, antes do dono de sete títulos mundiais na Fórmula 1 se aposentar definitivamente, no final de 2012.

Vice-campeã do Mundial de Construtores no ano passado, quando ficou atrás apenas da Red Bull, a Mercedes espera que o F1 W05 a ajude a ter um desempenho ainda melhor em 2014. Para isso, adequou o seu novo carro ao novo regulamento técnico da Fórmula 1, apresentando novidades.

A Mercedes, porém, foi menos ousada do que outras equipes, principalmente em relação ao bico. A frente tem um desnível bastante acentuado e o bico é mais achatado. As cores prata e turquesa ganharam a companhia do preto, que está presente na cobertura do motor.

"Sabemos que a aventura está apenas começando. Temos um período de testes de inverno cansativo pela frente e uma longa temporada em termos de desempenho e confiabilidade será extremamente importante", disse Toto Wolff, diretor executivo da Mercedes.

"Lewis e Nico começam a temporada com fome de sucesso e estou confiante de que nossa equipe irá se beneficiar da continuidade do trabalho durante o período de inverno. Temos um impulso positivo depois de nossa segunda colocação na última temporada", completou o dirigente.

Chefe da Mercedes, Paddy Lowe destacou o trabalho desenvolvido pela Mercedes, mas avaliou ainda ser cedo para realizar prognósticos sobre o nível de competitividade do carro. "Toda a equipe fez um trabalho fantástico na gestão do projeto e da sua entrega. Batemos nossas metas, mas, como sempre, só vamos começar a entender o quão bem sucedido fomos quando o campeonato começar", disse.

"O novo carro tem um design elegante, mas agressivo, e a engenharia interna do carro é extremamente inovadora e inteligente. Nossa equipe pode ficar orgulhosa do seu trabalho até agora, mas nenhum de nós tem qualquer ilusão sobre tudo o que temos que fazer antes da primeira corrida, em seis semanas", completou Lowe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.