Divulgação
Divulgação

Mercedes testa 'alto-falante' no carro para deixar motor mais barulhento

Equipe alemã tenta acabar com reclamações de fãs da Fórmula 1 sobre 'silêncio' na categoria

O Estado de S. Paulo

14 de maio de 2014 | 11h30

BARCELONA - A Mercedes começou nesta quarta-feira a testar, em Barcelona, um sistema para deixar os carros da Fórmula 1 mais barulhentos (confira o vídeo abaixo). Os novos motores turbo e o regulamento da categoria para 2014 deixaram os motores com um som mais abafado, o que provocou críticas dos fãs, que consideram justamente o ronco alto como uma das características mais importantes do automobilismo.

A escuderia alemã acoplou ao escapamento um objeto em formato de corneta para amplificar o barulho e garante que a novidade não vai afetar o desempenho do carro, que neste ano foi soberano e ganhou as cinco provas disputadas até o momento. "Está claro que os fãs da categoria querem mais barulho. Temos de fazer o carro não apenas soar melhor, mas também mais potente e atrativo. É preciso se empenhar nisso", disse o diretor executivo da Mercedes, Toto Wolff.

A novidade, por enquanto, não está liberada para as corridas e foi testada apenas pela equipe prateada. Para o presidente da FIA, o francês Jean Todt, a reclamação com o som dos motores é algo que em breve será esquecida pelos fãs, porém o presidente manifestou estar atento ao tema. "É uma questão de gosto. Eu, particularmente, não tem problema algum com barulho, mas tenho que levar em consideração que muitas pessoas querem o antigo barulho de volta"", afirmou ao site inglês Autosport. A própria FIA já consultou a Renault para verificar o nível do som em testes particulares.

Tudo o que sabemos sobre:
velocidadeMercedesFórmula 1motor

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.