HANS KLAUS TECHT/EFE
HANS KLAUS TECHT/EFE

Mercedes lidera e Rosberg é o mais rápido no segundo dia de testes

Piloto alemão crava 1min09s113 na melhor de suas 117 voltas

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2015 | 14h01

Com ou sem chuva, a Mercedes segue mostrando que não tem adversários à altura na temporada 2015 da Fórmula 1. Se na terça-feira o reserva Pascal Wherlein foi o mais rápido do primeiro dia de testes da categoria em Spielberg com água na pista, nesta quarta o piloto titular Nico Rosberg manteve a equipe na frente e liderou o segundo e último dia de atividades no circuito austríaco.

Sem as fortes chuvas que atrapalharam o primeiro dia de testes, Rosberg passeou na pista na parte da tarde. O alemão exigiu bastante de seu carro nas 117 voltas que deu no circuito e foi recompensado com o tempo de 1min09s113, o melhor do dia com certa tranquilidade.

Somente um outro piloto andou abaixo de 1min10s: o reserva Esteban Gutiérrez, da Ferrari, que cravou 1min09s931 também na parte da tarde e terminou como segundo mais veloz do dia. Na parte da manhã, Valtteri Bottas, da Williams, tinha liderado, com 1min 10s029, mas com os outros resultados acabou somente na terceira posição.

Na quarta colocação, veio um dos destaques do dia. O alemão Marco Wittmann, campeão da categoria DTM, fez sua estreia pilotando a Toro Rosso e conseguiu a marca de 1min10s103. Mais do que isso, o piloto reserva foi quem mais tempo ficou na pista nesta quarta, com incríveis 158 voltas.

Na sequência, apareceram outros dois reservas: Pascal Wehrlein, da Force India, em quinto; e Jolyon Palmer, da Lotus, em sexto. A sétima posição ficou com o espanhol Fernando Alonso, que deu mais uma prova do péssimo momento da McLaren e cravou o tempo de 1min10s718.

Em oitavo, outro que não teve um bom dia nesta quarta: Daniel Ricciardo, da Red Bull, com 1min10s757. A nona e última posição ficou por conta do brasileiro Felipe Nasr. O piloto da Sauber ficou na pista por 138 voltas e teve como melhor marca 1min10s922.

Como na terça-feira, a Marussia foi a única equipe que não foi à pista no teste desta quarta. Com o fim das atividades na Áustria, os pilotos agora se preparam para a nona etapa do Mundial de Fórmula 1, o GP da Inglaterra, em Silverstone, que acontece no dia 5 de julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.