Michael vai para o seleto grupo da F1

Com o título deste domingo, Michael Schumacher deixou o grupo de seis pilotos que foram três vezes campões do mundo e passou a outro bem mais restrito, dos que venceram quatro vezes o Mundial. Ao seu lado está apenas Alain Prost, enquanto na frente dos dois, Juan Manuel Fangio, com cinco títulos. A vitória no GP da Hungria o coloca em primeiro, ao lado de Prost, em número de primeiros lugares, 51. Até encerrar a carreira, no fim de 2004, Michael pode vir a liderar praticamente todos os principais rankings de estatísticas. Em número de pontos está em segundo, mas por pouco: 772 diante de 798,5 de Prost. Melhores voltas lá é o primeiro, com 43. Prost tem 41.Lidera também o maior número de voltas na primeira colocação e maior número de vitórias numa temporada, 9, obtidas em 1995 e no ano passado, ao lado de Nigel Mansell (1992). O número de poles pode ser um dos únicos que não será batido por ele. Ayrton Senna tem 65 e Michel 41. Mas o alemão tem até o fim do seu contrato com a Ferrari mais 55 corridas pela frente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.