Michelin já tem noção da pista de Bahrein

Os dirigentes da Bridgestone, apesar de comemorarem o brilhante resultado deste domingo em Sepang, estavam em pé de guerra com os da Michelin. E por bons motivos. Semana passada, Marc Gene, piloto de testes da Williams, time da Michelin, realizou uma demonstração para os organizadores no circuito de Bahrein, próxima etapa do Mundial, dia 4.Foram 25 voltas, utilizando-se ainda de dois tipos de pneus. Os franceses têm já, portanto, bem mais referências do asfalto para produzir seus pneus para a corrida. A Ferrari, escuderia da Bridgestone, já solicitou o mesmo direito com relação ao novo circuito da China, estreante como o de Bahrein na Fórmula 1.

Agencia Estado,

21 de março de 2004 | 14h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.