Mil Milhas tenta se internacionalizar

Uma das mais tradicionais competições do automobilismo brasileiro, as Mil Milhas de Interlagos, chega à 32ª edição e quer se internacionalizar. Cerca de R$ 1 milhão foi investido pelos organizadores, principalmente em segurança, para que a prova integre o Campeonato Mundial de Endurance a partir de 2005."Os procedimentos de segurança interna e da pista serão os mesmos de uma etapa da Fórmula 1, com estrutura de resgate, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil, Polícia Militar e de Trânsito", afirmou José Roberto Beilstrein, presidente do Centauro Motor Clube, responsável pelo evento. Também haverá acompanhamento detalhado da chegada dos equipamentos das equipes estrangeiras ao Brasil.As Mil Milhas, reconhecidas como prova internacional pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), foram disputadas pela primeira vez em 1956 e este ano farão parte das comemorações oficiais pelos 450 anos de São Paulo.A disputa começa no dia 24, com a definição do grid, que terá 66 carros, e termina no dia 25. Participarão protótipos da Ferrari, BMW, Viper, Audi e Porsche, entre outros, vindos de vários países da Europa, como Itália, Alemanha e Inglaterra.

Agencia Estado,

09 de janeiro de 2004 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.