Arquivo/AE
Arquivo/AE

Montezemolo culpa 2008 por mau começo da Ferrari

'Nós e a McLaren tivemos de desenvolver o carro até a última corrida do ano passado', afirma o presidente

AE, Agência Estado

31 de março de 2009 | 11h19

ROMA - O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, afirmou que um dos motivos para o mau começo da temporada da equipe é o esforço feito no fim do ano passado para lutar pelo título mundial com Felipe Massa. "Nós e a McLaren tivemos de desenvolver o carro até a última corrida, enquanto as demais equipes tiveram os últimos meses para se dedicar aos novos projetos", justificou o dirigente.

Veja também:

tabela F-1: classificação do Mundial de Pilotos

especialConfira o calendário da temporada

especialESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

Massa abandonou o GP da Austrália, no último domingo, com problemas mecânicos, enquanto Kimi Raikkonen bateu. Desde 1992 a equipe não iniciava a temporada ficando sem pontuar com os dois carros. Para o GP da Malásia, no entanto, Montezemolo espera que as coisas voltem ao normal. "Esperamos mostrar nosso valor num circuito menos complicado que o de Melbourne", disse.

O presidente da Ferrari afirmou ainda que espera com ansiedade pela decisão da FIA sobre a legalidade dos carros de Brawn, Toyota e Williams - a equipe italiana foi uma das que protestou contra os difusores traseiros dessas três equipes. "Espero que as regras fiquem claras, porque é ruim começar a temporada com essas dúvidas", concluiu Montezemolo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.