Montezemolo diz que Ferrari não era rápida suficiente

O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou orgulho pelo trabalho da equipe durante toda a temporada da Fórmula 1, mas não escondeu que ficou desapontado por ter ficado sem o título. No balanço que fez da participação ferrarista no campeonato encerrado no último domingo, com a disputa do GP do Brasil em Interlagos, ele admitiu que o carro do espanhol Fernando Alonso e do brasileiro Felipe Massa não era rápido suficiente.

AE, Agência Estado

26 de novembro de 2012 | 17h38

Alonso chegou muito perto de conquistar o título da temporada 2012 da Fórmula 1, mas terminou com o vice-campeonato, apenas três pontos atrás do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull (281 a 278). Massa não teve a mesma performance do companheiro de Ferrari, conseguindo o sétimo lugar no Mundial de Pilotos, com um total de 122 pontos somados nas 20 etapas do calendário.

"Não ganhar o título nos causa grande tristeza e grande decepção, porque sempre queremos vencer e chegamos perto", disse Montezemolo, que, no entanto, elogiou a dedicação dos funcionários da Ferrari na temporada. "Estou orgulhoso do trabalho feito pela equipe, por ter feito um carro confiável, por nunca ter feito uma estratégia errada e por não ter errado nos pit stops."

Mas ele também já identificou o fator que impediu que a Ferrari fosse campeã. "Sentimos falta de um carro rápido suficiente para nos colocar na frente do grid e esse foi nosso principal problema durante toda a temporada", avaliou Montezemolo, fazendo uma análise parecida com a que próprio Alonso fez, ao pedir um carro mais veloz para a equipe no campeonato do ano que vem.

Montezemolo chegou a dizer, inclusive, que o piloto espanhol tem razão em sua cobrança. "Fernando está certo ao dizer que precisamos de um carro mais rápido. Ele será imbatível se lhe dermos um carro competitivo", disse o dirigente. "Vou pedir uma análise profunda da nossa equipe, porque queremos ter um carro vencedor desde a primeira prova, o que não foi o caso nos dois últimos anos."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FerrariMontezemolo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.