Montoya bate carro da Nascar em caminhão que secava a pista

Acidente ocorreu na madrugada de segunda-feira. Colombiano saiu ileso

estadão.com.br

28 de fevereiro de 2012 | 13h38

SÃO PAULO - O piloto colombiano Juan Pablo Montoya, que correu seis temporadas na Fórmula 1, voltou a comentar sobre seu acidente na disputa das 500 milhas de Daytona, da categoria Nascar. Foi impressionante, apesar de inusitado porque havia safaty car na pista. Em sua página no Twitter, o corredor riu do ocorrido e agradeceu ao apoio dos amigos.

"Estou feliz por conseguir voltar para casa inteiro. Que acidente louco", escreveu. "Gostaria de agradecer a todos pelas mensagens (de apoio)! Agora vamos para Phoenix (próxima etapa da Nascar)."

 

O acidente ocorreu na madrugada de segunda-feira. Montoya perdeu o controle do carro durante bandeira amarela. Seu carro deslizou e bateu em um caminhão que fazia a secagem da pista. O carro explodiu. O susto foi grande. Uma chama amarelada iluminou a pista. Montoya saiu ileso do carro e foi liberado pelos médicos sem um arranhão sequer.

"Já bati contra um monte de coisas, mas contra um caminhão secador quase que parado na pista? Ainda mais que a corrida estava paralisada."

As 500 Milhas de Daytona era para ser domingo. Passou para segunda por causa da chuva. Depois do acidente, a corrida ficou parada por quase duas horas. O vencedor foi Matt Kenseth.

Tudo o que sabemos sobre:
NascarvelocidadeJuan Pablo Montoya

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.