Montoya disse que venceria no Canadá

Juan Pablo Montoya, da Williams, deixou o circuito neste domingo certo de que teria vencido a corrida não fosse a quebra do motor do seu carro. "Schumacher estava com problemas." Os números podem dar razão a ele: na 65ª volta, a cinco da bandeirada, a diferença entre o alemão e Coulthard, segundo, era de 10 segundos e 895 milésimos. Quando cruzaram a linha de chegada, um segundo e 132 milésimos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.