Montoya vai largar na pole em Mônaco

Finalmente Williams e McLaren andaram na frente da Ferrari. Juan Pablo Montoya, da Williams, larga neste domingo na pole position do 60.º GP de Mônaco e David Coulthard, McLaren, em segundo.Num circuito onde as ultrapassagens são quase impossíveis, será bem difícil para Michael Schumacher, da Ferrari, terceiro no grid, superá-los. São boas as chances de o modelo F2002 italiano ter quebrada sua invencibilidade, para o bem da Fórmula 1. Faz quatro corridas que só dá ele e Schumacher. Rubens Barrichello, companheiro do alemão, obteve o quinto tempo.Pela primeira vez nesta temporada a Ferrari teve de lutar com dois times pela pole. E a razão principal de Montoya e Coulthard estarem na frente de Schumacher e Barrichello tem um nome: Michelin, o fabricante de pneus, que conseguiu colocar oito pilotos dentre os dez primeiros no grid. "Na quinta-feira nós já havíamos visto que eles se adaptaram muito bem à pista", disse Barrichello, que compete com Bridgestone. Montoya elogiou a Michelin, mas acrescentou que conseguiu um acerto para seu carro que o surpreendeu: "Abrir uma diferença de quatro décimos de segundo nesse traçado é mesmo muito, não esperava." O colombiano da Williams registrou 1min16s676, diante de 1min17s068 de Coulthard e 1min17s118 de Schumacher. Foi a quinta pole na carreira de Montoya, a segunda este ano, a outra ocorreu em Interlagos.Mesmo que Schumacher disponha de um carro mais veloz em condição de corrida, como ele mesmo previu neste sábado, ultrapassar os dois que estão à sua frente, se a largada for normal, não será como nas demais pistas. É bom lembrar que tanto Montoya quanto Coulthard tiveram já várias rusgas com o alemão. Tudo isso deverá garantir às 78 voltas da prova as emoções que faltaram até aqui neste Mundial, por causa da vantagem técnica da Ferrari. "Como sempre disse, as coisas podem mudar de uma hora para outra, a exemplo do que vimos aqui", falou Schumacher."Nossos pneus são muito constantes, o que não sabemos com relação ao nosso concorrente. Se não der para lutar pela vitória, a saída é somar o máximo de pontos possíveis." Quase todos os pilotos reclamaram do tráfego. Dentre eles Coulthard, que acusou Felipe Massa, da Sauber, 13.º neste sábado, e Ralf Schumacher, da Williams, quarto colocado. Mas o rei dos azares em Mônaco, ao menos até este sábado, foi Kimi Raikkonen, da McLaren, sexto no grid. Quinta-feira ele bateu, ainda pela manhã, e destruiu o carro titular. Não treinou à tarde. Nesta manhã, já com um novo modelo, sofreu outro acidente e, mais uma vez, o carro ficou irrecuperável. Outra McLaren foi providenciada para ele a fim de que disputasse a classificação, mas um problema no motor Mercedes o obrigou a usar o carro reserva de Coulthard, o quarto chassi portanto. Raikkonen dormiu a primeira noite num barco que alugou e até este sábado ainda sentia os efeitos indesejáveis do mar revolto de quinta-feira, já que caminhava ainda com alguma dificuldade. Um médico o orientou a transferir-se para um hotel. O desequilíbrio causado pelas marolas do mar afetou sua condução.Como sempre o GP de Mônaco apresenta surpresas, na classificação e na corrida. Neste sábado, por exemplo, os dois pilotos da Toyota tiveram excelente desempenho. Mika Salo, sempre eficiente no principado, conseguiu o nono tempo, enquanto o estreante na prova, Alan McNish, seu companheiro, o décimo. Enrique Bernoldi, da Arrows, ficou em 15.º. A largada da sétima etapa do Mundial será às 9 horas deste domingo (horário de Brasília) e a rede Globo a transmite ao vivo. A configuração do grid, com Schumacher em terceiro e Barrichello em quinto, sugere que desta vez será difícil que se passe o que aconteceu na Áustria. E Bernie Ecclestone também já avisou: "A Ferrari não seria louca de repetir ordens de equipe como em Spielberg." No entanto, tudo é possível.Veja o grid de largada do GP de Mônaco:1. Juan Pablo Montoya (COL) Williams 1:16.676 2. David Coulthard (ESC) McLaren 1:17.068 3. Michael Schumacher (ALE) Ferrari 1:17.118 4. Ralf Schumacher (ALE) Williams 1:17.274 5. Rubens Barrichello (BRA) Ferrari 1:17.357 6. Jarno Trulli (ITA) Renault 1:17.552 7. Kimi Raikkonen (FIN) McLaren 1:17.660 8. Jenson Button (ING) Renault 1:18.132 9. Mika Salo (FIN) Toyota 1:18.234 10. Allan Mcnish (ALE) Toyota 1:18.292 11. Giancarlos Fisichella (ITA) Jordan 1:18.34212. Heinz Harald Frentzen (ALE) Arrows 1:18.607 13. Felipe Massa (BRA) Sauber 1:19.006 14. Jacques Villeneuve (CAN) BAR 1:19.252 15. Enrique Bernoldi (BRA) Arrows 1:19.41216. Takuma Sato (JAP) Jordan 1:19.461 17. Nick Heidfeld (ING) Sauber 1:19.500 18. Olivier Panis (FRA) BAR 1:19.569 19. Max Webber (AUS) Minardi 1:19.674 20. Pedro de La Rosa (ESP) Jaguar 1:19.796 21. Eddie Irvine (IRL) Jaguar 1:20.139 22. Alex Yoong (MAL) Minardi 1:21.599

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.