Mosley diz que será difícil F-1 ter medalhas em 2009

Presidente da FIA alega que o prazo para implementação do sistema já na próxima temporada é pequeno

AE, Agência Estado

12 de dezembro de 2008 | 09h50

O presidente da FIA, Max Mosley, afirmou nesta sexta-feira que será difícil instituir o sistema de medalhas na Fórmula 1 em 2009. A idéia foi proposta por Bernie Ecclestone, dono dos direitos comerciais da categoria, e tem como finalidade valorizar a briga pelas vitórias.   Veja também:  Renault antecipa lançamento de modelo 2009 na F-1  Sato mostra otimismo após testes pela Toro Rosso     "O sistema de medalhas não pode começar em 2009 sem que haja unanimidade em sua aprovação. E isso não deve acontecer", afirmou o dirigente ao jornal inglês Daily Mail.As medalhas, segundo a proposta de Ecclestone, substituiriam os pontos. Assim, o campeão mundial seria o primeiro colocado em um quadro semelhante ao dos jogos olímpicos. Na prática, o piloto com mais vitórias sempre venceria o Mundial.Quando propôs a mudança, Ecclestone afirmou que já havia conversado com as equipes, que tinham sido favoráveis à alteração.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1medalhasMax Mosley

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.