Mosley reaparece em Montecarlo após escândalo sexual

Chefão da FIA não passa muito tempo no circuito do GP da Mônaco para evitar constrangimentos

Agência Estado

22 de maio de 2008 | 12h21

Max Mosley, presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), apareceu pela primeira vez em Grande Prêmio da Fórmula 1 após o seu envolvimento em um escândalo sexual que abalou a sua gestão à frente da entidade. O britânico está presente em Montecarlo, local da quinta etapa da Fórmula 1. Como era esperado, Max Mosley não fez qualquer declaração e passou discretamente pelo circuito de rua.O presidente da FIA ficou pouquíssimo tempo no circuito e retornou para seu escritório pouco antes do início dos treinos livres do GP de Mônaco. O futuro do dirigente será definido em junho, durante reunião da FIA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.