Moto: Poggiali é o campeão das 125cc

As derrapagens e tombos deram o tom da corrida das 125cc, disputada neste sábado, no autódromo de Jacarepaguá, no Rio, durante a disputa da etapa brasileira do Mundial de Motovelocidade. O vencedor da prova foi o japonês Youichi Ui, mas isso não foi suficiente para que ele conquistasse o título da categoria. O campeão da temporada foi o piloto Manuel Poggiali, de San Marino, que chegou em 5º lugar. Na comemoração pelo título, Poggiali copiou o estilo do campeão das 500cc, o italiano Valentino Rossi, fazendo brincadeiras em sua moto. Como podia chegar até em 14º lugar na etapa do Rio que mesmo assim seria o campeão, o piloto de San Marino evitou correr riscos durante a prova. Mas ele sofreu um grande susto na 4º volta, das 21 previstas, quando derrapou na pista molhada pela chuva que caiu durante toda a madrugada e quase foi ao chão. Depois, conseguiu completar a corrida normalmente e pôde festejar a conquista. "Foi muito difícil correr aqui, mas consegui me superar", festejou Poggiali. "Estava muito seguro para a prova, pois tinha uma vantagem muito grande de pontos sobre Ui." Enquanto Poggiali evitou riscos, Ui forçou o máximo, pois só a vitória o mantinha com chances de conquistar o título. O piloto japonês liderou a maior parte das 21 voltas da corrida e travou um grande duelo com o italiano Simone Sanna nos últimos giros, quando os dois se alternaram algumas vezes na primeira posição. "Ele (Poggiali) pode ter ficado com o campeonato, mas tive seis vitórias na temporada, contra três dele", desdenhou Ui. "Fiquei feliz com tudo o que pude fazer neste ano." Em segundo lugar na prova deste sábado ficou o italiano Simone Sanna, seguido pelo francês Arnaud Vincent e pelo espanhol Toni Eias. Na classificação final do campeonato, Poggiali terminou com 241 pontos, enquanto Ui teve 232 e Elias somou 217. A pista molhada provocou vários acidentes, mas nenhum com gravidade. Stefano Peruggini, Lucio Cecchinello, Angel Rodriguez, Andrea Ballerini e Daniel Pedrosa foram alguns dos pilotos traídos pelo mau tempo. O brasileiro Leandro Panedes, terminou na 19ª colocação, a 2m38s558 do vencedor da prova.

Agencia Estado,

03 Novembro 2001 | 12h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.