Muffato consegue liminar para correr

O paranaense David Muffato deve disputar neste sábado o treino que define o grid para a sexta etapa do Brasileiro de Stock Car, em Interlagos, amparado por uma liminar que obteve no final da tarde de sexta na Justiça comum. O piloto, vice-líder do campeonato com 75 pontos (Ingo Hoffmann lidera com 87), foi suspenso por duas corridas pela Confederação Brasileiro de Automobilismo (CBA) por causas dos incidentes que provocou na etapa de Londrina, quando jogou seu carro contra o de Pedro Gomes e ainda ofendeu o concorrente. Mas vai à pista, a não ser que a liminar seja cassada.Muffato recebeu a punição da CBA na quarta-feira. Tentou efeito suspensivo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas seu recurso foi negado. Então, apelou para a Justiça comum e conseguiu a liminar, obtida na 3ª Vara Cível do Fórum do Jabaquara.Nesta sexta-feira, nos treinos livres - sem a presença de Muffato -, o paulista Giuliano Losacco foi o mais rápido, com 1m40s913. Carlos Alves ficou em segundo (1m41s562) e Raul Boesel, em terceiro (1m41s797). Neste sábado, a partir das 13h45, vai ser realizada a sessão classificatória.

Agencia Estado,

11 de julho de 2003 | 18h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.