Multidão aplaude início do Paris-Dacar

A primeira etapa cronometrada da 24.ª edição do Rali Paris-Dacar, neste sábado, terá apenas seis quilômetros, e máquinas e pilotos serão transformados em verdadeiras ?vitrines?. A prova, embora curta, vai valer para a contagem de tempo na classificação geral e servirá de exibição para o público. Mais de 400 veículos largaram nesta sexta-feira à noite da Praça dos Heróis, no centro de Arras, cidade ao norte da França. Pela primeira vez na história o rali começou no início da noite (até então a saída sempre ocorria de madrugada, por volta das 5 horas). Os organizadores do Paris-Dacar pelo jeito acertaram na mudança de horário da largada da prova. Nesta sexta-feira à tarde, uma multidão se aglomerou na Praça dos Heróis para assistir à saída dos competidores. Nem o frio, que chegou perto de zero grau, tirou o ânimo dos franceses. A festa começou com os carros e caminhões de assistência, que, por serem mais lentos, tiveram preferência na ordem de saída. Depois foi a vez das motos, carros e caminhões de competição. Cada piloto que subia no pódio era apresentado ao público. O percurso desta primeira etapa é de 465 km de deslocamento por estradas normais até a cidade de Chateauroux, e de lá para La Souterraine. Depois do primeiro desafio, a caravana do Paris-Dakar seguirá neste sábado para Narbonne, no sul da França. Domingo pela manhã ela largará com destino a Madri. O trajeto terá 930 quilômetros no total e uma especial, cronometrada, de 35 quilômetros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.