Mundial de 2004 começa para a McLaren

O Mundial de 2004 já começou para a equipe McLaren. Hoje o escocês David Coulthard realizou no circuito Ricardo Torno, em Valência, Espanha, o primeiro treino com o carro que irá disputar o campeonato programado para começar dia 7 de março na Austrália. O modelo MP4/19 já estava equipado com o novo motor Mercedes, projetado para completar os cerca de 700 quilômetros percorridos no fim de semana de GP, como manda o regulamento. É sobre esse carro e o FW26 da Williams, previsto para ir à pista dia 5 de janeiro, que recaem as maiores esperanças de quebrar a série de quatro títulos seguidos de Michael Schumacher e cinco da Ferrari. Coulthard percorreu 47 vezes o traçado de 4.005 metros, com paradas seguidas nos boxes. "Ele responde bem às mudanças", disse. A base do MP4/19 é o monoposto que nem mesmo estreou, o MP4/18, projetado para correr ano passado. Mas como não passou no teste de resistência da FIA três vezes, dentre outros problemas, Adrian Newey, engenheiro responsável, reviu o projeto, resultando no MP4/19. Na sua melhor volta, embora essa não fosse sua preocupação, Coulthard registrou 1min12s035. Alexander Wurz, piloto de testes da McLaren, com o carro usado este ano fez 1min11s299 (53). A Williams testou componentes do FW26 com seus três pilotos, Juan Pablo Montoya, Ralf Schumacher e Marc Gene, que ficaram também com os três melhores tempos. Montoya marcou o primeiro, 1min10s081 (69 voltas). Treinaram também as escuderias Renault, Jaguar e Toyota. Todas equipes que competem com pneus Michelin. Já no Circuito da Catalunha, em Barcelona, trabalharam Ferrari, Sauber e BAR. Deveriam ser os times da Bridgestone, mas a BAR anunciou, hoje, ter chegado a um acordo com os fornecedores de pneus e trocou a Bridgestone pela Michelin. Luca Badoer e Felipe Massa, pilotos de testes da Ferrari, obtiveram os dois melhores tempos, 1min17s799 (76) para o italiano e 1min18s103 (86). Massa irá reestrear na Sauber no treino de Jerez de la Frontera, em dezembro. O fato de a McLaren já estar desenvolvendo seu novo modelo e a Williams começar a fazê-lo a partir de 5 de janeiro deverá levar a Ferrari a iniciar a preparação de seu novo carro mais cedo. É bem possível que, em 2004, as equipes disputem a abertura do Mundial já com seus projetos novos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.