Mundial de motos deve mudar para SP

Conforme a Agência Estado antecipou, a etapa brasileira do Campeonato Mundial de Motovelocidade do próximo ano, deve ser realizado em São Paulo caso a Prefeitura do Rio desista de realizar o evento. Representantes do governo paulista estão no circuito de Jarepaguá acompanhando a organização do grande prêmio, e nesta quinta-feira, uma reunião entre os organizadores da prova no Brasil e a Prefeitura carioca para tratar do GP no próximo ano foi cancelada. O prefeito do Rio, César Maia alegou compromissos em Brasília, para não realizar o encontro. A decisão da Prefeitura do Rio precisa ser tomada até sábado. Outros estados já manifestaram interesse em ser sede do Grande Prêmio, mas não possuem as condições técnicas necessárias, ficando somente a capital paulista no páreo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.