Marcos Brindicci/Reuters
Marcos Brindicci/Reuters

Na Argentina, Jack Miller surpreende e conquista 1ª pole da carreira na MotoGP

Piloto australiano se beneficiou na escolha dos pneus e garantiu liderança com o tempo de 1min47s153

Estadão Conteúdo

07 Abril 2018 | 18h14

A etapa da Argentina da MotoGP, a segunda da temporada de 2018, reservou neste sábado uma surpresa no grid de largada. Beneficiado pela escolha de pneus slicks em uma pista escorregadia por causa da chuva, o australiano Jack Miller conquistou a pole no circuito de Termas de Río Hondo e sairá na frente pela primeira vez na carreira.

+ Leia mais notícias sobre velocidade

+ Em sexta-feira com chuva, Marc Márquez lidera treinos livres na Argentina

O piloto da Pramac Ducati, já no meio da parte final do treino oficial de classificação, resolveu ir para a pista com um pneu macio (slick) na frente e um médio atrás, aproveitando-se de um trilho seco no asfalto molhado. Se deu bem e conseguiu o empate de 1min47s153 para ficar com a pole inédita.

Quase que com o mesmo tempo, o espanhol Dani Pedrosa e o francês Johann Zarco completam a primeira fila. O primeiro piloto, da equipe Honda, fez o tempo de 1min47s330 e o segundo, da Yamaha, cravou 1min47s365. Mostrando um bom início de temporada, o também espanhol Tito Rabat, da Avintia Ducati, ficou em quarto com 1min47s681.

Líder do treino oficial de classificação por alguns minutos, o espanhol Álex Rins caiu de produção no final e terá de largar da quinta colocação - fez o tempo de 1min47s743. Dono das quatro poles anteriores em Termas de Río Hondo, o também espanhol Marc Márquez falhou desta vez e vai fechar a segunda fila, na sexta posição com 1min47s754.

O espanhol Aleix Espargaró foi outro que ficou perto da liderança do treino, mas ficou só em sétimo lugar, à frente do italiano Andrea Dovizioso, vencedor da prova de estreia da MotoGP no Catar. Outro piloto da Espanha, Maverick Viñales, aparece na sequência, acompanhado pelo inglês Cal Crutchlow. O multicampeão italiano Valentino Rossi sairá da 11.ª colocação.

Jorge Lorenzo, por outro lado, não conseguiu passar do Q1. O espanhol esteve perto de passar para a fase seguinte da classificação, mas, já com o cronômetro zerado, saiu da zona de corte após Aleix Espargaró tomar a liderança da primeira etapa do treino. A corrida neste domingo será a realizada a partir das 15 horas (de Brasília).

Mais conteúdo sobre:
MotoGPMotoGP [motovelocidade]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.