Daniel Dal Zennaro/Efe
Daniel Dal Zennaro/Efe

Na chuva em Monza, Charles Leclerc domina primeiro treino livre para GP da Itália

Piloto da Ferrari volta a mostrar força após vitória na Bélgica e marca o melhor tempo nos instantes finais

Redação, Estadão Conteúdo

06 de setembro de 2019 | 08h42

Em grande fase na temporada de 2019 da Fórmula 1, o monegasco Charles Leclerc levou a Ferrari à primeira vitória no ano no domingo passado, em Spa-Francorchamps, no GP da Bélgica. Cinco dias depois, agora na casa da escuderia italiana, o piloto de 21 anos quer mostrar a mesma força e cravou nesta sexta-feira o melhor tempo na primeira sessão de treinos livres para o GP da Itália, no circuito de Monza.

A primeira atividade de pista da 14.ª das 21 etapas da temporada foi marcada pela chuva. O melhor tempo foi marcado nos instantes finais da sessão por Charles Leclerc, que anotou 1min27s905 quando o traçado começou a secar. Os dois carros da McLaren também se aproveitaram da situação e se colocaram logo atrás do monegasco com o espanhol Carlos Sainz Jr. em segundo (1min28s211) e o britânico Lando Norris em terceiro (1min28s450).

Pentacampeão mundial e atual líder do campeonato, o inglês Lewis Hamilton foi o quarto colocado da sessão, com o tempo de 1min28s730, com o tailandês Alexander Albon, da Red Bull, em quinto com 1min29s025. O russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, que por alguns momentos chegou a liderar o treino, foi o sexto, seguido pelo holandês Max Verstappen, também da Red Bull, e o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari.

O finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, que também chegou a liderar o primeiro treino livre, foi o nono colocado, enquanto que o francês Pierre Gasly, da Toro Rosso, completou o Top 10.  

A instabilidade climática contribuiu para uma série de erros cometidos pelos pilotos em razão do asfalto molhado. Ao todo, a direção de prova teve de acionar por três vezes a bandeira vermelha, porém em incidentes sem maiores consequências. A batida mais forte foi a do mexicano Sérgio Pérez, da Racing Point, que provocou a segunda paralisação.

O segundo treino livre será disputado a partir das 10 horas (de Brasília) desta sexta-feira, mesmo horário da sessão de classificação no sábado. A largada do GP da Itália está agendada para as 10h10 de domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.