Max Rossi/Reuters
Max Rossi/Reuters

Na Fórmula E, Nelsinho Piquet xinga Massa de amador e ridículo

Após desentendimento no Marrocos, piloto devolve ofensa e diz que colega 'não é grande exemplo'

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de janeiro de 2019 | 21h16

Os brasileiros Nelsinho Piquet e Felipe Massa tiveram um desentendimento neste sábado durante os treinos para o GP de Marrakesh, no Marrocos, pela segunda etapa da Fórmula E, categoria de carros elétricos. Uma manobra fez os dois ex-pilotos de Fórmula 1 trocarem farpas em entrevistas, com ofensas pessoais e acusações sobre falta de profissionalismo.

A briga começou quando no fim de um dos treinos, Piquet tentava fazer um tempo melhor de volta e se sentiu prejudicado porque Massa estava lento na sua frente, em direção aos boxes. Por se considerar atrapalhado pela manobra do colega, Nelsinho desabafou pelo rádio com a sua equipe. "Espero que eles (direção de prova) tenham visto o que Massa fez comigo na última curva. Foi completamente ridículo, um amador", comentou.

Depois da corrida, Massa, que faz a primeira temporada pela categoria, rebateu as ofensas. "Ele não é um grande exemplo, para ser honesto. As coisas que está fazendo e dizendo. Não me importo com o que ele diz, para ser sincero. A única coisa que eu posso dizer é que não fiz nada errado. Apenas tive um problema técnico com o carro e estava parando o carro. Não fiz nada de propósito contra ninguém", explicou.  

Na resposta a Nelsinho, Massa fez referência a um polêmico episódio passado na Fórmula 1 em 2008. O piloto, então na Ferrari, liderava o GP de Cingapura quando Nelsinho bateu no muro e levou a corrida a ter safety car. Meses depois, uma investigação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) concluiu que Piquet bateu o carro de propósito, a mando da equipe Renault, para que o acidente interrompesse a corrida e beneficiasse o espanhol Fernando Alonso a ganhar a prova.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.