Na Malásia, Nelsinho fala em usar aprendizado de estréia

Piloto brasileiro, filho do tricampeão Nelson Piquet, largou em 21.º na Austrália e não completou a prova

Agência Estado

18 de março de 2008 | 11h39

A estréia de Nelsinho Piquet na Fórmula 1, no GP da Austrália, foi, nas palavras do brasileiro, um "aprendizado". E a intenção do piloto da Renault no GP da Malásia, no domingo, é usar o que aprendeu em sua primeira prova na categoria máxima do automobilismo mundial. "Estou ansioso para a próxima corrida, para que possa colocar em prática tudo o que a estréia me ensinou", disse Piquet, que largou em 21.º no Albert Park e não completou a prova, com problemas mecânicos. "Espero que possa progredir. Em Melbourne fiz poucas voltas nos treinos, meu grid foi decepcionante, fiquei com o carro danificado desde o início da corrida e depois tive de abandonar" resumiu o brasileiro, que promete ser mais cauteloso nos treinos livres. "O fim de semana passa muito rápido e é preciso estar bem durante todo o tempo. Companheiro de Nelsinho na Renault, Fernando Alonso fez uma corrida marcada pela regularidade. Sem erros, o bicampeão conseguiu uma quarta posição, acima das expectativas dele e da equipe para o início da temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.