Reprodução/Toro Rosso Site Oficial
Reprodução/Toro Rosso Site Oficial

Na McLaren, Carlos Sainz Jr. admite que vai pedir conselhos a Alonso

Piloto espanhol de 24 anos vai disputar sua quinta temporada na Fórmula 1 ao substituir compatriota na escuderia britânica

Redação, Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2018 | 11h49

Substituto de Fernando Alonso na McLaren, o também espanhol Carlos Sainz Jr. admite que vai aproveitar a proximidade com o compatriota para pedir conselhos sobre a Fórmula 1. Alonso se aposentou da categoria ao fim da temporada 2018, mas vai seguir próximo do time inglês, de acordo com o chefe do time, Zak Brown.

É desta proximidade que Sainz Jr. pretende tirar vantagem para aumentar sua experiência na categoria. "Com certeza. Estou ansioso para ter uma oportunidade com Fernando agora, que a temporada acabou, para fazer algumas perguntas sobre a F-1 e também sobre a McLaren. E não quero conversar apenas como colegas pilotos, mas também como amigos", afirma Sainz Jr.

O espanhol vai disputar sua quinta temporada na Fórmula 1 ao substituir Alonso na equipe britânica. Ainda em busca de maior destaque na categoria, Sainz Jr. já competiu pela Toro Rosso, onde começou sua trajetória na competição, e pela Renault.

Tendo Alonso como referência na categoria, ele reconhece que ficou surpreso quando o compatriota anunciou que deixaria a F-1, em agosto. "É estranho dizer adeus assim, de repente, quando estamos falando de um piloto muito talentoso e apresentando alto nível", comentou.

"Mas Fernando tem uma vantagem, por ser um dos melhores pilotos do mundo. Se ele mudar de ideia, ele sempre pode ter a chance de voltar, se quiser", declarou. "Eu desejo a ele apenas que seja feliz, que encontre um lugar para poder mostrar o seu talento e se divertir."

Fora da F-1, Alonso já confirmou presença nas tradicional 500 Milhas de Indianápolis, nos Estados Unidos. Ele busca a vitória na famosa etapa da Fórmula Indy para fechar a chamada Triple coroa do automobilismo, que é composta ainda pelo GP de Mônaco de F-1 e pelas 24 Horas de Le Mans.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.