Yves Herman/Reuters
Yves Herman/Reuters

'Não vou me render por nada', afirma Sebastian Vettel

Alemão da Red Bull ainda acredita que pode conquistar o título de campeão mundial de Fórmula 1

Agencia Estado

27 de agosto de 2009 | 15h35

SPA-FRANCORCHAMPS, Bélgica - Um misto de esperança e realismo permeia o caminho da Red Bull em sua busca pelo título mundial de Fórmula 1 antes do GP da Bélgica, que será realizado neste domingo no circuito de Spa-Francorchamps e terá os seus treinos livres nesta sexta-feira.

Veja também:

tabela F-1: classificação do Mundial

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

forum BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

Com o australiano Mark Webber em terceiro lugar e o alemão Sebastian Vettel em quarto na classificação geral, a equipe lamentou o péssimo resultado obtido no GP da Europa, no último domingo, em Valência. Webber ficou em nono lugar, enquanto Vettel deixou a prova por um problema no motor do seu carro, fato que permitiu ao inglês Jenson Button aumentar a sua vantagem sobre o jovem piloto alemão no Mundial.

Agora, o líder do campeonato tem 72 pontos, contra 47 de Vettel. O fato, porém, não desanima o piloto da Alemanha. "Não vou me render por nada. Sem dúvida não é fácil recuperar uma diferença de 25 pontos, mas temos visto que rapidamente podemos mudar as coisas", afirmou o alemão, que festejou o fato de Button ter caído de rendimento no Mundial.

"Acho que tem ajudado o fato de Jenson não ter tido bons resultados nas últimas corridas. Não sei qual era o problema com Button, mas sem dúvida nos ajudou", reforçou Vettel, que ao mesmo tempo fez um alerta para os integrantes da Red Bull: "De agora em diante, não podemos nos dar ao luxo de cometer mais erros".

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Red BullSebastian Vettel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.