Divulgação
Divulgação

Felipe Nasr crê em disputa acirrada por pontos na Áustria

Mundial de Fórmula 1 mostra equilíbrio na zona intermediária

Estadão Conteúdo

15 de junho de 2015 | 11h05

Após um fim de semana decepcionante, em que sofreu com problemas no seu carro da Sauber e com a falta de competitividade, terminando o GP do Canadá apenas em 16º lugar, Felipe Nasr espera voltar a somar pontos no próximo fim de semana, quando será disputado o GP da Áustria de Fórmula 1.

O brasileiro acredita em uma luta acirrada no pelotão intermediário e descartou as virtudes, especialmente o bom desempenho da Sauber nas longas retas, e os aspectos negativos que podem influenciar no seu resultado final.

"As longas retas podem ser benéficas para nós, mas também é necessário downforce nas curvas de alta velocidade. Presumo que será um fim de semana desafiador contra os nossos principais concorrentes, mas estou confiante de que vamos extrair o máximo do nosso carro", afirmou o piloto brasileiro.

Mesmo vivenciando seu ano de estreia na Fórmula 1, Nasr mostrou conhecer bem as características do circuito de Spielberg. "Esta temporada vai ser a minha primeira vez pilotando um carro de Fórmula 1 em Spielberg. Estou ansioso para correr lá. É um circuito bastante rápido, com muitas retas longas combinados com algumas curvas de alta velocidade. As duas últimas curvas antes da linha de largada e chegada são as minhas favoritas, pois elas são muito rápidas e você tem que ser muito preciso", disse.

Nasr somou pontos em três das sete provas já realizadas na temporada 2015 da Fórmula 1 e ocupa a décima colocação no Mundial de Pilotos com 16 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.