Nasr não marca pontos na primeira corrida. Líder do campeonato também não

Piloto da Carlin foi prejudicado pelo sueco Marcus Ericsson, que jogou o carro em cima dele

LIVIO ORICCHIO, O Estado de S. Paulo

29 de junho de 2013 | 16h03

SÃO PAULO - Felipe Nasr, da equipe Carlin, não marcou pontos pela primeira vez na temporada, hoje na primeira prova da GP2, em Silverstone, quinta etapa do campeonato. Mas o líder da competição, o monegasco Stefano Coletti, da Rapax, também não terminou dentre os dez que somam pontos na GP2. Assim, Coletti continua com 120 e Nasr, 96. O inglês Sam Bird, da Russian Time, ganhou e se aproximou de Coletti e Nasr, pois tem agora 83 pontos.

Amanhã de manhã, com largada às 5h35, horário de Brasília, a categoria realiza a segunda prova do fim de semana, em 21 voltas, enquanto a de hoje teve 29 voltas. O grid é invertido dentre os oito primeiros. O vencedor de hoje vai largar em oitavo, amanhã, e o oitavo na pole position. O mesmo vale para os demais entre os oito primeiros.

Nasr estava irritado com o ocorrido, logo depois da largada, ainda na primeira curva, envolvendo o piloto sueco Marcus Ericsson, da DAMS, o pole position. “Esse cara não marcou pontos em nenhuma etapa este ano, o quinto dele na GP2. Eu o havia ultrapassado na largada e ele jogou o carro em cima de mim, não me deu espaço. Nos tocamos e meu volante ficou completamente torto. Disse à equipe, pelo rádio, que tentaria manter-me na corrida para marcar algum ponto. Mas não havia como. Hoje era dia para celebrar a vitória”.

Mas se Ericsson o prejudicou, Nasr não ficou triste na última volta da competição quando o suíço Fabio Leimer, da Racing, tocou na lateral do Dallara-Renault de Coletti e o colocou para fora da pista. A disputa valia o terceiro lugar. Se o monegasco tivesse somado os 15 pontos a diferença no campeonato teria crescido perigosamente. Além da segunda prova do GP da Grã-Bretanha, amanhã, a GP2 terá ainda mais seis etapas, sempre em rodada dupla: Alemanha, Hungria, Bélgica, Itália e Cingapura, junto da Fórmula 1, e Abu Dabi, encerramento do campeonato.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
velocidadeGP2Felipe Nasr

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.