Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Nasr leva punição por atrapalhar Massa no treino e larga em 13º

Brasileiro cairia para 14º, mas é ajudado por pena maior a Ricciardo

FELIPE ROSA MENDES, Estadão Conteúdo

14 de novembro de 2015 | 16h41

Felipe Nasr vai perder duas posições no grid de largada do GP do Brasil de Fórmula 1, neste domingo. O piloto brasileiro foi punido pelos comissários da prova por atrapalhar o compatriota Felipe Massa no Q2, a segunda sessão do treino classificatório realizado neste sábado no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Com a decisão dos comissários de três posições de punição, Nasr iria pular do 11.º para o 14.º lugar do grid em sua primeira corrida em Interlagos pela Fórmula 1, mas foi ajudado por uma punição maior do australiano Daniel Ricciardo, de 10 posições, e assim o piloto da Sauber sairá da 13.ª colocação. O brasileiro havia sido um dos destaques da classificação ao mostrar boa evolução em comparação aos treinos livres. Acostumado a ser eliminado no Q2, ele quase avançou ao Q3.

Antes disso, porém, se envolveu em leve incidente com Felipe Massa. Nos instantes finais do Q2, ele impediu a passagem do piloto da Williams, que fazia volta rápida na briga para ir ao Q3. Sem ver o compatriota abrir espaço, Massa precisou sair da pista para evitar a colisão. Por essa razão, Nasr foi punido pelos comissários.

"Eu fui avisado que todos estavam sincronizados na mesma volta. A última mensagem que eu tinha era que o (Valtteri) Bottas estava atrás de mim, numa volta mais lenta. Infelizmente, ele e o Felipe (Massa) trocaram de posição na pista", explicou Nasr logo ao sair do treino, referindo-se ao companheiro de Massa na Williams.

Com a punição do brasileiro, três pilotos foram beneficiados no grid deste domingo. O espanhol Carlos Sainz Jr., o mexicano Sergio Pérez e o sueco Marcus Ericsson, companheiro do brasileiro na Sauber, ganharam mais uma posição cada na largada.

Confira o grid de largada do GP do Brasil de Fórmula 1:

1.º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1min11s282

2.º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min11s360

3.º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - 1min11s804

4.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1min12s144

5.º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India) - 1min12s265

6.º - Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) - 1min12s322

7.º - Valtteri Bottas* (FIN/Williams) - 1min12s085

8.º - Felipe Massa (BRA/Williams) - 1min12s415

9.º - Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) - 1min12s739

10.º - Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso) - 1min13s045

------------------------------------------------

11.º - Sergio Pérez (MEX/Force India) - 1min13s147

12.º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber) - 1min13s346

13.º - Felipe Nasr* (BRA/Sauber) - 1min12s989

14.º - Romain Grosjean (FRA/Lotus) - 1min13s913

15.º - Pastor Maldonado (VEN/Lotus) - 1min13s385

------------------------------------------------

16.º - Jenson Button (ING/McLaren) - 1min13s425

17.º - Alexander Rossi (EUA/Marussia) - 1min16s151

18.º - Will Stevens (ING/Marussia) - 1min16s283

19.º - Daniel Ricciardo** (AUS/Red Bull) - 1min12s417

20.º - Fernando Alonso (ESP/McLaren) - sem tempo

(*) Punidos com a perda de 3 posições

(**) Punido com a perda de 10 posições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.