Nelsinho conquista o primeiro pódio da carreira na Fórmula 1

Piloto brasileiro saiu da 17.ª colocação no grid de largada e chegou em segundo lugar no GP da Alemanha

Redação ,

20 de julho de 2008 | 12h31

Nem mesmo o próprio Nelsinho Piquet imaginava um resultado como o deste domingo no GP da Alemanha de Fórmula 1. Mesmo largando em 17.º lugar, o piloto brasileiro da Renault chegou na segunda posição na corrida e conquistou o seu primeiro pódio na principal categoria do automobilismo. Ao seu lado, estava o também brasileiro Felipe Massa, que chegou em terceiro, além de Lewis Hamilton, o vencedor da prova.   Veja também:  Hamilton vence e Piquet é segundo no GP da Alemanha Classificação do campeonato As emoções do GP da Alemanha   "Foi muito bom o fim de semana. Mas a verdade é que eu não tive um bom treino e achava que não conseguiria um bom resultado na corrida. Essa foi a corrida que tinha tudo para dar errado, e acabou dando tudo certo", resumiu o estreante em pódio na Fórmula 1, na entrevista coletiva.   E tinha tudo para dar mesmo errado para Nelsinho nesse fim de semana. Nos treinos classificatórios para a corrida, quando fazia sua volta rápida, o piloto foi claramente atrapalhado pelo alemão Sebastian Vettel, da Toro Rosso. Com isso, o brasileiro teve de se contentar com a 17.ª colocação no grid de largada.   A corrida começou a mudar para Nelsinho depois da forte batida do piloto da casa Timo Glock. O brasileiro tinha acabado de fazer sua parada para reabastecimento e troca de pneus e pulou do fim do grid para a terceira posição, já antes de ser dada a relargada.     "Achei que o fim de semana estaria perdido. Mas acho que a estratégia, um pouco flexível, foi fundamental. Acabou que deu um Safety Car na hora certa, o que me ajudou muito", afirmou o piloto da Renault que chegou a liderar a prova por oito voltas. "Até o fim da corrida, eu só tive que tomar cuidado com o Felipe [Massa]. Deixei o Lewis [Hamilton] passar com certa felicidade, porque não poderia me arriscar muito", concluiu.   FIM DO JEJUM No pódio, o tímido Nelsinho Piquet estava visivelmente sem jeito, no entanto, com um largo sorriso estampado no rosto, tratou logo de ir para a festa do champagne com o também brasileiro Felipe Massa. De quebra, o piloto brasileiro conquistou o primeiro pódio da Renault em 2008. O espanhol Fernando Alonso, seus companheiro de equipe, terminou a prova em 11.º lugar.   Desde 1991, dois brasileiros não subiam no pódio da Fórmula 1. A última vez que isso aconteceu foi no GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps, quando Ayrton Senna venceu e Nelson Piquet foi o terceiro colocado.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.