Nelsinho demonstra decepção após primeiro dia de treinos

Após errar e danificar a caixa de câmbio, piloto da Renault espera ter um desempenho melhor neste sábado

Efe,

14 de março de 2008 | 12h08

O brasileiro Nelsinho Piquet, da Renault, mostrou-se decepcionado com seu primeiro dia como piloto da Fórmula 1, após a sessão de treinos livres para o Grande Prêmio da Austrália, nesta sexta-feira. Veja também:Pilotos e equipes da temporada 2008 da F-1Calendário e os circuitos da atual temporada da F-1 Blog do Livio: mais informações sobre a Fórmula 1 Reginaldo Leme e Livio Oricchio projetam 2008 "Não imaginava que meu primeiro dia de trabalho seria assim, e eu gostaria de ter feito mais progressos. Cometi um erro na primeira sessão que danificou a caixa de câmbio e obrigou os mecânicos a realizar um trabalho suplementar entre as duas sessões", comentou Nelsinho, que no ano passado foi piloto de testes da Renault. Apesar da aparente decepção, o piloto brasileiro terminou com otimismo seu primeiro dia como piloto da Fórmula 1 em um grande prêmio. "Pude conhecer a pista e espero que minha contribuição neste sábado para o desenvolvimento do carro seja maior", afirmou. "Sei que tenho muito a aprender, mas a cada volta que dava me sentia mais confortável dentro do carro, e isso vai continuar assim durante todo o fim de semana", concluiu. Nelsinho Piquet terminou a segunda sessão de treinos livres, no Circuito de Albert Park, na 19.ª colocação, com 1min29s518.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Nelsinho PiquetRenault

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.