Nelsinho Piquet tem vitória espetacular na GP2 na Hungria

O Brasil começou bem o fim de semana no circuito de Hungaroring. Neste sábado, Nelsinho Piquet, da equipe Piquet Sports, venceu espetacularmente a 16.ª etapa da GP2, categoria preparatória para a Fórmula 1. Numa competição em que todos os pilotos têm os mesmos chassi, motor e pneus, Nelsinho impôs 32 segundos ao segundo colocado, o alemão Timo Glock, da iSport International. O italiano Giorgio Pantano, da Ofisi FMS, completou o pódio, em terceiro.Outra boa notícia para Nelsinho foi a décima colocação do inglês Lewis Hamilton, da Art Grand Prix. O protegido de Ron Dennis, da McLaren, lídera ainda o campeonato, com 82 pontos, mas Nelsinho soma, agora, em segundo, 69 pontos. Neste domingo será disputada a 17.ª etapa da GP2, na mesma pista, às 5 horas (horário de Brasília). Pelo regulamento, o vencedor larga em oitavo e o oitavo colocado, o argentino Jose Lopez, da Super Nova, em primeiro. Xandinho Negrão, companheiro de Nelsinho, realizou sua melhor corrida na GP2 e obteve o quinto lugar, enquanto Lucas Di Grassi, da pouco competente Durango, não conseguiu passar da 14.ª colocação.?O carro estava incrível, fácil de guiar, nunca dispus de um equipamento tão perfeito?, disse Nelsinho. Seu pai, Nelson Piquet, acompanhou emocionado a cerimônia do pódio. Há exatos 20 anos, quando corria pela Williams na Fórmula 1, era ele quem estava alto no pódio, no degrau do vencedor, depois de uma disputa épica com Ayrton Senna, da Lotus.?O Nelsinho acabou de fazer 21 anos e no fim do ano que vem vão existir cinco ou seis vagas importantes na Fórmula 1. Não estamos com pressa?, disse o tricampeão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.