Ronald Zak/AP
Ronald Zak/AP

'Nesta temporada nem sempre o mais rápido vence', diz chefe da Mercedes

Dirigente alega que a temporada vem sendo marcada por resultados inesperados e por reviravoltas nas corridas

Estadão Conteúdo

20 Agosto 2018 | 12h26

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, evita fazer projeções sobre o GP da Bélgica, que marcará o retorno da Fórmula 1, no fim de semana, após o recesso de verão na Europa. O dirigente alega que a temporada vem sendo marcada por resultados inesperados e por reviravoltas nas corridas. "Nesta temporada nem sempre o mais rápido vence", afirma.

"É muito difícil fazer previsões para Spa-Francorchamps. Se esta temporada nos ensinou algo é que não há favoritos para provas específicas e que, nesta temporada, nem sempre o mais rápido vence", diz Wolff, às vésperas da corrida na tradicional pista belga. "Pelo contrário, há um equilíbrio competitivo que leva muda os resultados a cada circuito."

Wolff se refere principalmente ao favoritismo da Ferrari em diferentes provas do ano. O time italiano exibiu maior velocidade em diversas sessões livres e classificatórias da temporada, mas não conseguiu confirmar o domínio nas corridas. Como consequência, o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, soube aproveitar suas oportunidades e lidera o campeonato.

Apesar disso, a Ferrari segue firma na briga pelos dois títulos, do Mundial de Pilotos e também do Mundial de Construtores. "O que está claro é que nossos rivais continuam forçando bastante e vão nos impor uma dura luta até o fim. Então, precisamos trabalhar forte para eliminar nossas fraquezas e aumentar nossos pontos fortes", projeta Wolff.

Para o chefe da Mercedes, a temporada 2018 ainda vai render muitas expectativas e frustrações até sua volta final, em Abu Dabi, em novembro. "Este campeonato promete ser daqueles que vamos estar falando pelos próximos anos. Mal podemos esperar para voltar a correr novamente", afirma.

Os pilotos vão voltar para a pista na Fórmula 1 na sexta-feira, a partir das 6 horas (horário de Brasília), para o primeiro treino livre do GP da Bélgica. O segundo será às 10hs. No sábado, a terceira sessão livre começará às 7hs e o treino classificatório está marcado para as 10hs. No domingo, a largada será às 10h10.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.