Newey pode se transferir para a Jaguar

No fim de 1990, o projetista Adrian Newey transferiu-se da March para a Williams. E o time foi campeão do mundo em 1992, 1993, 1996 e 1997. Os modelos da McLaren, a partir de 1998, passaram a ser concebidos por ele. Resultado: a equipe conquistou os mundiais de 1998 e 1999, além de ser vice, ano passado. Agora são fortes os rumores de que Newey irá aceitar o desafio de tornar a Jaguar um time de ponta. Newey, 41 anos, engenheiro aeronáutico inglês, teria aceito o convite por um contrato de cinco anos no valor de US$ 30 milhões.Em 1971, Jackie Stewart inaugurou a era dos pilotos ganharem US$ 1 milhão por temporada, algo impensável para a época. Ao se transferir da Williams para a McLaren, em 1997, Newey foi o primeiro técnico a receber bem mais que muitos pilotos, cerca de US$ 2,5 milhões por ano.Agora o diretor-técnico da McLaren pode, se aceitar a proposta de Bobby Rahal, dirigente da Jaguar, tornar-se o primeiro projetista a ganhar como alguns pilotos campeões do mundo, US$ 6 milhões por ano. A Fórmula 1 inteira reconhece: Newey representa garantia de sucesso.A direção da McLaren, nesta quarta-feira, já se pronunciou a respeito da possibilidade de perdê-lo. "Newey tem mais de um ano de contrato pela frente conosco. Estamos negociando a ampliação desse compromisso e pelo que nos diz, não acreditamos que já tenha assinado com a Jaguar." Newey e Rahal foram vistos conversando, várias vezes no fim de semana, enquanto caminhavam dos boxes para o paddock da pista de Mônaco. Se Rahal, que conhece Newey do tempo em que o engenheiro trabalhou na Fórmula Indy, convencê-lo de mudar de escuderia, a Ford, dona da Jaguar, começará a capitalizar seu enorme investimento na F-1 a curto prazo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.