Eric Risberg/AP
Eric Risberg/AP

Newgarden fica em 2º em Sonoma e leva título da Indy; Helinho é 5º e amplia jejum

Norte-americano leva título da categoria pela primeira vez na carreira

Estadão Conteúdo

17 de setembro de 2017 | 22h55

O norte-americano Josef Newgarden garantiu na noite deste domingo o seu primeiro título da Fórmula Indy. O troféu veio com um segundo lugar obtido na etapa de Sonoma da categoria, realizada na Califórnia, onde a vitória acabou ficando com o francês Simon Pagenaud, que também estava na briga pelo campeonato e foi campeão da temporada passada.

Aos 26 anos de idade, Newgarden triunfou neste que foi o seu primeiro campeonato pela equipe Penske e o seu sexto na Indy, na qual também encerrou um jejum de títulos de pilotos norte-americanos que durava desde 2012, quando Ryan Hunter-Reay foi o vencedor daquela temporada.

Estreante na Penske em 2017, Newgarden também se tornou apenas o segundo piloto do seu país em 11 anos a ficar com o troféu da Indy. A segunda colocação neste domingo o fez terminar a temporada com 13 pontos de vantagem sobre Pagenaud, também da Penske, que desta vez precisou se contentar com o vice-campeonato.

O australiano Will Power, campeão em 2014 e que também entrou na prova final com chance de título, garantiu outro piloto da Penske no pódio ao terminar a corrida de Sonoma na terceira posição, logo à frente do neozelandês Scott Dixon. Este último também tinha chances matemáticas de ser campeão, mas também não alcançou o objetivo com a equipe Ganassi - o veterano piloto almejava um histórico pentacampeonato após os títulos de 2003, 2008, 2013 e 2015.

A quarta posição deste domingo fez Dixon ao menos terminar a temporada em um honroso terceiro lugar na classificação geral, apenas 21 pontos atrás de Newgarden.

HELINHO AMPLIA JEJUM

Um dos cinco pilotos que entraram na pista californiana com chances de ficar com o título, Hélio Castroneves ampliou o seu longo jejum de troféus na Indy ao terminar a prova deste domingo apenas na quinta posição com a sua Penske.

Assim, Helinho terminou a temporada em quarto lugar na classificação geral, com 598 pontos, enquanto Will Power foi o quinto, com 562. Newgarden contabilizou 642 para ficar com o título, contra 629 de Pagenaut e 621 de Dixon.

Com 42 anos de idade, Castroneves realizou neste ano a sua 20ª temporada na Indy, na qual a sua permanência não é certa para 2018, sendo que está sendo especulada com força nos bastidores a possibilidade de o piloto passar a correr em outra categoria do automobilismo pela Penske a partir do próximo ano. Assim, essa pode ter sido a prova de despedida do brasileiro da Indy.

Outro que alimentava apenas possibilidades matemáticas de ser campeão até o último sábado, quando as mesmas acabaram com a pole conquistada por Newgarden, o norte-americano Alexander Rossi, da Andretti, acabou abandonando a prova antes do fim.

Já Tony Kanaan, outro único brasileiro do grid da Indy e que fez a sua prova de despedida pela Ganassi neste domingo, foi apenas o 16º colocado em Sonoma.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula Indy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.