Nico Rosberg está preocupado com bom desempenho de 'rival'

Piloto alemão admitiu ter ficado "um pouco atrás" de Hamilton nos treinos livres e disse que irá trabalhar para reverter a situação

Agência Estado

20 de junho de 2014 | 17h44

Líder da atual temporada da Fórmula 1 com 140 pontos, o alemão Nico Rosberg admitiu ter ficado preocupado depois dos treinos livres desta sexta-feira para o GP da Áustria, no circuito de Spielberg. Isto porque seu "rival" e colega de Mercedes, o inglês Lewis Hamilton, foi mais rápido que ele na maioria das voltas que fez. O britânico é o atual segundo colocado do campeonato, com 22 pontos a menos.

O piloto alemão admitiu ter ficado "um pouco atrás" de Hamilton nos treinos livres e disse que irá trabalhar para reverter a situação. "Foi um dia complicado para mim, então terei muito para fazer esta noite (de sexta)", reconheceu. Apesar de ter sido superado por Hamilton na maioria das voltas e na segunda parte do treino, Rosberg fez a volta mais rápida na primeira sessão de treinos livres na Áustria.

Ainda que tenha tido dificuldades em relação ao companheiro de equipe, Rosberg se mostrou satisfeito com as 69 voltas que fez nesta sexta. O circuito está fora do calendário da Fórmula 1 desde 2003 e, por isso, o alemão classificou cada volta como "muito importante" na preparação para a corrida de domingo. "Tive dificuldades nas zonas de freagem, mas tenho certeza que posso melhorar", revelou.

Rosberg ficou impressionado com o público presente nos treinos desta sexta, mesmo com o tempo nublado com chuva ocasional na Áustria. "Spielberg tem que fazer parte da Fórmula 1. É genial ver tantos torcedores por aqui", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.