Marcelo del Pozo/Reuters
Marcelo del Pozo/Reuters

Nico Rosberg lidera dia de testes na Fórmula 1 e Vettel fica em terceiro

Com o antigo carro da escuderia, alemão cravou tempo de 1min17s613 em Jerez de la Frontera

AE, Agência Estado

09 de fevereiro de 2012 | 15h37

JEREZ DE LA FRONTERA - Depois de Michael Schumacher dominar as atividades de quarta-feira em Jerez de la Frontera, nesta quinta foi a vez de Nico Rosberg deixar a Mercedes novamente na frente no terceiro dia de testes coletivos de pré-temporada da Fórmula 1 na pista espanhola. Andando ainda o carro ainda do ano passado da escuderia, o alemão cravou o tempo de 1min17s613 e deixou bem para trás o seu compatriota Sebastian Vettel, atual bicampeão da categoria, que ficou em terceiro lugar ao marcar 1min19s297.

Com o novo carro da Red Bull, o RB8, Vettel também foi superado pelo francês Romain Grosjean, da Lotus, que cronometrou 1min18s419 para terminar o dia com a segunda colocação entre os dez pilotos que foram para a pista.

A marca de Rosberg, por sua vez, foi obtida já no período da manhã dos testes desta quinta e acabou sendo quase um segundo mais rápida do que a que garantiu a liderança a Schumacher na quarta-feira, quando o heptacampeão mundial cravou 1min18s561. O veterano alemão não foi para pista nesta quinta.

A quarta colocação ficou com inglês Lewis Hamilton. O piloto da McLaren obteve tempo próximo ao de Vettel ao cravar 1min19s464, sendo que deu 16 voltas a menos na pista do que o alemão. O francês Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso, e o mexicano Sergio Pérez, da Sauber, completaram o grupo dos seis mais bem colocados ao também andarem na casa de 1 minuto e 19 segundos.

Já Fernando Alonso não conseguiu empolgar a torcida local, que compareceu em bom número em Jerez para ver o ídolo espanhol andar pela primeira vez com o novo carro da Ferrari. Atrapalhado por um problema hidráulico no seu carro logo pela manhã, o piloto deu apenas 67 voltas ao total e fechou o dia na sétima colocação, com o modesto tempo de 1min20s412.

Alonso ficou logo à frente de Bruno Senna, que garantiu a oitava colocação ao cravar 1min21s293 na melhor de suas 125 voltas. Essa foi a primeira experiência do brasileiro na pista com a Williams, que anunciou recentemente a contratação do piloto para ocupar a vaga que no ano passado foi ocupada por Rubens Barrichello, descartado pela escuderia para 2012.

O holandês Giedo van der Garde, novo terceiro piloto da Caterham, antiga Lotus, ficou em penúltimo lugar ao andar bem atrás dos outros corredores que foram para a pista nesta quinta. Ele marcou 1min23s324 e só ficou à frente do francês Jules Bianchi, da Force India, que não registrou tempo por ter sofrido um acidente depois de dar apenas duas voltas no circuito espanhol.

Bianchi brilhou na última quarta-feira ao fechar o segundo dia de testes em Jerez na quarta colocação, mas desta vez deixou o seu carro escapar durante o início da sessão da manhã, bateu e danificou o novo modelo da Force India. E, por falta de peças de reposição, o carro não voltou mais para pista.

Confira a classificação final dos testes desta quinta-feira em Jerez:

1.º Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min17s613, 118 voltas

2.º Romain Grosjean (FRA/Lotus), 1min18s419, 117

3.º Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min19s297, 96

4.º Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1min19s464, 80

5.º Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso), 1min19s734, 79

6.º Sergio Pérez (MEX/Sauber), 1min19s770, 48

7.º Fernando Alonso (BRA/Ferrari), 1min20s412, 67

8.º Bruno Senna (BRA/Williams), 1min21s293, 125

9.º Giedo van der Garde (HOL/Caterham), 1min23s324, 74

10.º Jules Bianchi (FRA/Force India), sem tempo, 2

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.