Niki Lauda cria confusão na Jaguar

Demorou menos do que se esperava. O ex-piloto austríaco Niki Lauda, hoje dirigente da Jaguar, já criou caso na sua nova equipe. E foi com ninguém menos que Eddie Irvine, o primeiro piloto. Lauda disse que Irvine é capaz de ser veloz quando está estimulado e que Boby Rahal, novo diretor geral da escuderia, saberia como cuidar disso. Hoje, Irvine respondeu: "É chocante que um homem que faz parte do nosso time diga que eu, às vezes, preciso de estímulo para manter a motivação", afirmou o irlandês. "Eu sou a pessoa mais crítica que há a meu respeito. Não necessito de observações desse tipo, mesmo sendo de um piloto três vezes campeão do mundo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.