No Paris-Dacar, pilotos descansam

A ameaça de ataques terroristas fez a organização do Paris-Dacar cancelar as etapas programadas para este fim de semana. Neste sábado os competidores iriam de Nema (Mauritânia) para Bobo Dioulasso (Burkina Faso), com maior parte do percurso no território do Mali. ?O cancelamento das próximas etapas será bom para os competidores descansarem?, disse o francês Stephane Peterhansel, líder entre os carros. Os brasileiros encerraram bem a etapa de sexta-feira entre Tidjika e Nema. Nas motos, Jean Azevedo está em 15º; nos caminhões, André Azevedo está em segundo; nos carros, Klever Kolberg é nono. Em 2000, quatro etapas entre Dacar e Cairo foram canceladas por causa de guerrilhas islâmicas que planejarem uma emboscada.

Agencia Estado,

10 de janeiro de 2004 | 19h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.